Terras Marginais

As Terras Marginais foram primeiro descritas por Rafael Beltrame na aventura O Forte das Terras Marginais

Descrição

As terras marginais compreendem uma área de transição entre as regiões civilizadas dos Reinos Ocidentais até os Ermos Orientais. Não há guarda ou patrulha oficial para as Terras Marginais, embora haja um forte, o último foco de civilização dos Reinos Ocidentais, construído em uma época remota para impedir as invasões de bandidos e monstros.

Há alguns focos de civilização após as Terras Marginais, chamados coletivamente de Reinos Orientais. Por serem esparsos, a comunicação e comércio com os Reinos Ocidentais é difícil e perigosa. Alguns destemidos comerciantes desbravam essas terras com sucesso e uso de mercenários.

Geografia

Ao norte, as montanhas Udrar Kahal bloqueiam, ou pelo menos dificultam, o acesso aos Reinos Setentrionais, isolando a região. A região de colinas a sudoeste, onde está localizado o Forte, forma um vale por onde atravessa a estrada de comércio com os Reinos Orientais, seguindo a noroeste.

A sudeste, uma floresta antiga descansa, antigo refúgio das tribos bárbaras expulsas das planícies pelas guerras contras os Reinos Ocidentais. O rio Brachilanan nasce em um lago alimentado pelo degelo das Udrar Kahal e desce em direção ao mar, criando um pântano nos Ermos Orientais.

Mapa_Terras_Marginais_Logo.png

Cidades e vilas

O Forte resiste bravamente ao tempo. Antes uma edificação militar para conter as hordas goblinóides, bárbaras e de outros povos que ameaçassem os Reinos Ocidentais, hoje é um entreposto comercial para os mercadores que fazem a rota de comércio do Ocidente para o Oriente. Depende do comércio com a região de Belars para se manter e foi muito prejudicado pelas Guerras de Unificação de Volstagrad. Suas guarnições são formadas por mercenários e soldados dos Reinos Ocidentais enviados para garantir a segurança da região para o comércio.

Ruínas notáveis

As areias do tempo encobriram a maior parte das antigas construções dos finados reinos e impérios que existiram nos Ermos Orientais e tinham cidadelas ou castelos na região das Terras Marginais. Ocasionalmente, um tremor ou o próprio vento expõe tais ruínas ao mundo exterior, mas logo são reabitadas por bandidos e monstros ou liberam nas terras seus horrores ancestrais.

As Cavernas da Escuridão são um complexo de antigas cavernas nas montanhas Udrar Kahal. Vez ou outra são ocupadas por tribos goblinóides que vagam pelas montanhas. Há quem diga que ali existam segredos ocultos de impérios e reinos que foram apagados pelas areias do tempo.

A Tumba de Gardaag guarda os restos mortais do rei bárbaro que juntou os povos das Terras Marginais e dos Ermos Orientais contra os Reinos Ocidentais. Seus seguidores conseguiram impedir que seu corpo fosse violado e o levaram para um local secreto onde foi enterrado com seus tesouros e sua família.

Terras Marginais

Old Dragon - Galerinha bruno_baere bruno_baere